4.1.11



"(...)Que não vereis com vãs façanhas,
Fantásticas, fingidas, mentirosas,
(...)"


Luís Vaz de Camões

Nenhum comentário:

Postar um comentário