8.4.10

Palavras


Minha arte.
Hoje só me resta esperar-te.
E sentir (talvez sorrir).

Esperar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário